Com 184 mil mortos, Bolsonaro e Guedes vão à festa “entre amigos” na mansão de Skaf, da Fiesp

Encontro ocorreu após ato populista de Bolsonaro no Ceagesp, onde causou aglomeração. No encontro, dupla não falou sobre vacinação e ouviu elogios do presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco

Com mais de 184 mil mortos pela Covid-19 e em meio a um crise econômica sem precedentes, Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, participaram de “um jantar de confraternização entre amigos” na mansão de Paulo Skaf, presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), na última terça-feira (15).

O encontro ocorreu após a aglomeração promovida por Bolsonaro no Ceagesp, quando encenou preocupação com a população e chegou a reger a banda de música da Polícia Militar.

Segundo reportagem de Mônica Scaramuzzo, no jornal Valor Econômico desta quinta-feira (17), para não contrariar os convidados temas espinhosos não foram colocados à mesa no encontro que reuniu mais de 30 pessoas, entre elas Luiz Carlos Trabuco Cappi, presidente do conselho de administração do Bradesco, Sérgio Rial (Santander), Rubens Ometto Silveira Mello (Cosan) e Flávio Rocha (Riachuelo).

Em seu discurso, Bolsonaro ignorou a vacinação contra a Covid-19, enquanto Guedes falava da propalada “retomada em V” da economia. Entre empresários, a desconfiança era justamente como retomar a economia sem um plano de vacinação em massa da população – o que foi colocado em pauta por Guedes na sua entrevista à Veja.

Entre as promessas feitas pela dupla governista foram colocadas as reformas tributária e administrativa. Bolsonaro e Guedes ainda teriam ouvido elogios do presidente do Bradesco sobre as intervenções da equipe econômica para manter a liquidez durante a crise do coronavírus e sobre o movimento do Banco Central sobre a taxa de juros.

Bolsonaro e Guedes foram cobrados apenas sobre a necessidade de “melhorar a comunicação” e divulgar “pautas positivas” em relação ao meio ambiente, para se esquivar das “polêmicas” envolvendo o desmatamento da Amazônia.

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.