Com Bolsonaro, desmatamento na Amazônia aumenta 66% só em julho

Além disso, segundo dados do Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD), no período entre agosto de 2018 e julho de 2019, a devastação na região chegou a 5.054 km²

Cada vez mais Jair Bolsonaro e sua equipe mostram que são inimigos do meio ambiente. Somente no mês de julho, o desmatamento na Amazônia cresceu 66%, totalizando 1.287 km², de acordo com o Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon).

Segundo dados do Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD), no período entre agosto de 2018 e julho de 2019, o desmatamento na região chegou a 5.054 km².

O Facebook silenciou a Fórum. Censura? Clique aqui e nos ajude a lutar contra isso

Ataques

Enquanto isso, Bolsonaro ataca países da Europa, que cobram a adoção de uma política ambiental eficiente por parte do governo federal.

No levantamento do desmatamento acumulado da Amazônia nos últimos 12 meses, o aumento registrado foi de 15%, em comparação ao período anterior.

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR