Fórumcast, o podcast da Fórum
12 de setembro de 2019, 15h01

Com falta de orientação espacial e náuseas, Marcos Pontes é medicado e recebe alta

Ministro foi socorrido às pressas pelo Hospital das Forças Armadas na manhã desta quinta-feira

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

O ministro da Ciência e Tecnologia (MCTIC), Marcos Pontes, recebeu alta na tarde desta quinta-feira (12) após ser atendido com urgência na emergência do Hospital das Forças Armadas, em Brasília. Nota publicada pelo MCTIC revela que Pontes passou por exames e medicação e deve ficar 48h de repouso.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

Segundo a nota assinada pelo diretor do HFA, brigadeiro médico Marcos Vieira Maia, Pontes chegou ao Hospital às 07h45 da manhã apresentando tonturas, dificuldade de deambulação (popularmente chamada falta de orientação espacial), náuseas, vômitos e sudorese. O quadro teria se iniciado “há uma semana”, mas se agravou na madrugada desta quinta-feira.

O médico ainda informa que o ex-astronauta “foi submetido à avaliação pela Clínica Médica e Otorrinolaringologia, efetuados exames complementares clínicos e laboratoriais, além de medicação sintomática”. “Após período de observação, recebeu alta hospitalar na tarde de hoje, com recomendação de repouso absoluto pelo período mínimo de 48 horas”, finaliza.

O diagnóstico do desconforto de Pontes não foi revelado.

Confira a nota publicada pelo Ministério:

Reprodução/MCTIC

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum