Fórumcast, o podcast da Fórum
06 de agosto de 2019, 18h09

Corte de Bolsonaro deixa Universidade Federal de Pernambuco sem ar-condicionado

A suspensão do repasse de verbas para instituições de ensino está obrigando universidades a tomarem atitudes drásticas para sub-existirem; antes, UFPE já havia cortado bolsas de estudos e contratação de novos professores

Divulgação/UFPE

A reitoria da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) anunciou nesta terça-feira (6) que apenas laboratórios que necessitam de refrigeração e salas que não tenham janelas poderão utilizar ar-condicionado. A medida teve que ser tomada pela crise financeira que a instituição passa desde que o Ministério da Educação anunciou um corte de 30% no orçamento das universidades federais.

A UFPE já teve que tomar outras decisões para economizar gastos antes. A universidade suspendeu novos editais de contratação de professores e repasse de bolsas de estudo. Para o mês de agosto foram enviados apenas R$ 8,6 milhões. Sem os cortes feitos pelo governo Bolsonaro, esse valor seria de R$ 14,3 milhões. Só com energia elétrica a UFPE gasta cerca de R$ 20 milhões em seus três campus.

Outras universidades brasileiras estão passando pela mesma crise. Em uma situação mais drástica, a reitora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) chegou a afirmar que as aulas na instituição podem ser interrompidas ainda este mês.

De acordo com a reitora, serviços básicos como segurança e limpeza correm o risco de serem suspensos na instituição ainda esse mês, pois os pagamentos já estão com dois meses de atraso. “Pelos contratos [com a universidade], serviços de manutenção são suspensos quando ficam três meses sem receber. Se esse dinheiro não entrar, os serviços param”, afirma Denise Carvalho


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum