Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
21 de agosto de 2019, 09h02

Declarações de Bolsonaro emperram acordo com a União Europeia, diz embaixador europeu

"Se vamos fazer uma política de confronto não estamos realmente servindo ao acordo", disse o novo embaixador da União Europeia no Brasil, Ignacio Ybáñez

Bolsonaro, Osmar Terra e Onyx Lorenzoni (Foto: Marcos Corrêa/PR)

As declarações e críticas infantis – e mentirosas – de Jair Bolsonaro à líderes e países europeus, como Alemanha e Noruega, estão emperrando a ratificação do acordo entre a União Europeia e Mercosul, assinado em junho e comemorado pelo governo brasileiro.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

“Se vamos fazer uma política de confronto não estamos realmente servindo ao acordo”, disse nesta terça-feira (20) o novo embaixador da União Europeia no Brasil, Ignacio Ybáñez, ressaltando que as declarações de Bolsonaro “não são positivas” e criam dificuldades para ratificação do acordo.

Ele ponderou, no entanto, que o bloco trabalha “mais com fatos do que com declarações”.

Ybáñez, que recebeu jornalistas ontem em sua residência oficial em Brasília, está há menos de um mês no Brasil e ainda não apresentou suas credenciais a Bolsonaro.

As informações são do jornal Valor Econômico


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum