Declarações de Bolsonaro emperram acordo com a União Europeia, diz embaixador europeu

"Se vamos fazer uma política de confronto não estamos realmente servindo ao acordo", disse o novo embaixador da União Europeia no Brasil, Ignacio Ybáñez

As declarações e críticas infantis – e mentirosas – de Jair Bolsonaro à líderes e países europeus, como Alemanha e Noruega, estão emperrando a ratificação do acordo entre a União Europeia e Mercosul, assinado em junho e comemorado pelo governo brasileiro.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

“Se vamos fazer uma política de confronto não estamos realmente servindo ao acordo”, disse nesta terça-feira (20) o novo embaixador da União Europeia no Brasil, Ignacio Ybáñez, ressaltando que as declarações de Bolsonaro “não são positivas” e criam dificuldades para ratificação do acordo.

Ele ponderou, no entanto, que o bloco trabalha “mais com fatos do que com declarações”.

Ybáñez, que recebeu jornalistas ontem em sua residência oficial em Brasília, está há menos de um mês no Brasil e ainda não apresentou suas credenciais a Bolsonaro.

As informações são do jornal Valor Econômico

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR