quarta-feira, 28 out 2020
Publicidade

Decotelli entrou sem concurso na Marinha e também mentiu em curriculo militar, diz jornalista

A jornalista Thaís Oyama revelou em seu blog no portal Uol na tarde desta terça-feira (30) que o ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli, também teria mentido em seu curriculo militar e não passou em concurso para a Marinha.

Leia também: Em nota, FGV informa que Decotelli não deu aulas lá. Bolsonaro deve trocar nome ainda hoje

Apresentado como “oficial da reserva da Marinha”, Decotelli teria entrado sem concurso na força militar para prestar um serviço militar temporário, o que não lhe garante, por exemplo, remuneração na “aposentadoria”.

Segundo Oyama, Decotelli pertence à categoria RM2 da reserva, uma segunda classe da Marinha.

A apresentação como oficial teria irritado militares de carreira que teriam visto o gesto como “exibicionismo indevido”.

Em seu currículo Lattes, o ministro também se diz “Intendente Honorário da Marinha”. Trata-se de um título honorífico, uma condecoração de valor relativo, na avaliação de oficiais da Força.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.