Eduardo Bolsonaro insinua que desempregados estão rejeitando trabalho para boicotar o pai

" Nunca quiseram trabalhar. Agora estão com a desculpinha de 'bozo'", esbravejou o filho de Bolsonaro no Twitter ao divulgar nova teoria conspiratória contra o presidente. Desemprego afeta 13,8 milhões de brasileiros, segundo o IBGE

A mania de perseguição que acomete o clã presidencial tem provocado delírios cada vez mais intensos. Nesta quinta-feira (3), o deputado federal Eduardo Bolsonaro pinçou um comentário em uma publicação sobre a abertura de 4 mil vagas temporárias pela loja de departamentos C&A para embasar sua mais nova tese, de que brasileiros desempregados estão rejeitando trabalho para boicotar o pai, o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido).

“Mentira! Nunca quiseram trabalhar. Agora estão com a desculpinha de “bozo”. O nível só vai aumentando”, esbravejou Eduardo na publicação.

No comentário destacado pelo deputado, uma mulher dizia para as pessoas não aceitarem nenhum tipo de trabalho. “Isso é estratégia do Bozo para se reeleger, se o número de empregados aumentar, reeleição irá cair de mãos beijadas para ele”, diz o texto.

Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílio na pandemia da Covid-19 (PNAD Covid, divulgada na terça-feira (1º) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que a taxa de desemprego no Brasil bateu novo recorde e atingiu 14,1% da população economicamente ativa.

O total de pessoas sem ocupação em outubro chegou a 13,8 milhões, também recorde da série, com um aumento de 2,1% sobre setembro e de 35,9% desde o início da pesquisa, realizada em maio.

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR