Eduardo Bolsonaro marca esposa ao fazer propaganda de arma de brinquedo nos EUA

Pai de uma menina de pouco mais de 1 ano, Eduardo Bolsonaro é lobista da indústria de armamentos e entusiasta da política tocada pelo pai. No Brasil, a venda de simulacros infantis é proibida.

Pai de uma menina, Geórgia, de pouco mais de 1 ano, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) marcou a esposa, a psicóloga e coach Heloisa Bolsonaro, em uma publicação em que faz propaganda sobre a venda de armas nos EUA, onde a família passa férias desde dezembro.

Notícias relacionadas

Em duas publicações nos stories, o filho de Jair Bolsonaro (PL) mostra a venda de armas de brinquedos nos EUA.

“Há esperança. Mas tb há brinquedos mais realistas para a criançada”, diz Eduardo em uma das publicações, que mostra armas de madeira.

Outra publicação, em que marca a esposa, mostra a caixa de um brinquedo em que uma criança atira em uma simulação de caça a patos.

No Brasil, a comercialização desses simulacros é proibida. Um projeto de Lei do deputado bolsonarista Capitão Fábio Abreu (PL-PI) quer revogar o dispositivo, que consta no Estatudo do Desarmamento, para voltar a liberar a venda de armas falsas.

Filho 03 de Bolsonaro, Eduardo é lobista de armamentos e um dos maiores entusiastas da política armamentista do pai, que tem expandido a venda por decretos.

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.