O que o brasileiro pensa?
06 de setembro de 2019, 15h25

Eduardo Bolsonaro vira réu na ação contra sua nomeação à embaixada nos EUA

Na ação original, o MP alega que o governo deve apresentar os critérios adotados para a escolha e as credenciais que justificam a indicação do postulante ao cargo

Reprodução/Twitter

O novo despacho, complementar à ação civil pública proposta em agosto para impedir a nomeação de Eduardo Bolsonaro à embaixada do Brasil nos EUA, inclui o filho do presidente como réu. As informações são da coluna de Lauro Jardim, em O Globo.

O procurador Paulo José Rocha Junior assina o despacho que coloca Eduardo como réu no processo, que, até o momento, citava apenas a União como responsável.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

Na ação original, o Ministério Público (MP) alega que o governo deve apresentar os critérios adotados para a escolha e as credenciais que justificam a indicação do postulante ao cargo.

Pedidos

Agora, além de incluir Eduardo como réu, o procurador solicita que a União apresente os processos administrativos do “agrément” emitido pelos norte-americanos e o da indicação ao Senado. Também pede que a União volte atrás na nomeação.

Contudo, Eduardo só será considerado réu se a 16ª Vara de Justiça do Distrito Federal acolher o pleito do MP.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum