Fórumcast, o podcast da Fórum
01 de agosto de 2019, 18h04

Em carta a Bolsonaro, Paulo Teixeira pede ajuda para localizar Queiroz, “amigo próximo de Vossa Excelência”

“Ele poderá esclarecer as suspeitas que pairam sobre os R$ 24 mil depositados na conta de sua esposa, Michelle Bolsonaro”, diz a mensagem do deputado

Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil

O deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) encaminhou uma carta a Jair Bolsonaro, na qual pede ao presidente que ajude a localizar o “desaparecido” Fabrício Queiroz. O objetivo, segundo o parlamentar, é esclarecer ao país a origem de R$ 1,2 milhão na sua conta e as razões para ter transferido R$ 40 mil para conta da primeira-dama Michelle Bolsonaro.

Na carta, Teixeira diz: “Encontra-se desaparecido o senhor Fabrício Queiroz, amigo próximo de Vossa Excelência, desde a década de 80 e ex-assessor de seu filho Flávio Bolsonaro, que movimentou R$ 1,2 milhão em sua conta bancária”.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

Em outro trecho, o deputado acrescenta: “Ele poderá esclarecer as suspeitas que pairam sobre os R$ 24 mil depositados na conta de sua esposa, Michelle Bolsonaro, espantando assim dúvida se teria sido um empréstimo feito a Fabrício Queiroz, no valor de R$ 40 mil e, conforme declarações do senhor à mídia: ‘que assim foi feito, pois não costumo ir ao banco’; ‘eu podia ter botado na minha conta. Foi para a conta da minha esposa, porque eu não tenho tempo de sair. Essa é a história, nada além disso. Não quero esconder nada, não é nossa intenção’”.

Teixeira encerra: “Assim, pelos motivos explanados, requer-se à Vossa Excelência, digne-se a nos enviar informações acerca do paradeiro do senhor Fabrício Queiroz, eis que fundamental à consecução da democracia em nosso país”.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum