Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
01 de agosto de 2019, 18h04

Em carta a Bolsonaro, Paulo Teixeira pede ajuda para localizar Queiroz, “amigo próximo de Vossa Excelência”

“Ele poderá esclarecer as suspeitas que pairam sobre os R$ 24 mil depositados na conta de sua esposa, Michelle Bolsonaro”, diz a mensagem do deputado

Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil

O deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) encaminhou uma carta a Jair Bolsonaro, na qual pede ao presidente que ajude a localizar o “desaparecido” Fabrício Queiroz. O objetivo, segundo o parlamentar, é esclarecer ao país a origem de R$ 1,2 milhão na sua conta e as razões para ter transferido R$ 40 mil para conta da primeira-dama Michelle Bolsonaro.

Na carta, Teixeira diz: “Encontra-se desaparecido o senhor Fabrício Queiroz, amigo próximo de Vossa Excelência, desde a década de 80 e ex-assessor de seu filho Flávio Bolsonaro, que movimentou R$ 1,2 milhão em sua conta bancária”.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

Em outro trecho, o deputado acrescenta: “Ele poderá esclarecer as suspeitas que pairam sobre os R$ 24 mil depositados na conta de sua esposa, Michelle Bolsonaro, espantando assim dúvida se teria sido um empréstimo feito a Fabrício Queiroz, no valor de R$ 40 mil e, conforme declarações do senhor à mídia: ‘que assim foi feito, pois não costumo ir ao banco’; ‘eu podia ter botado na minha conta. Foi para a conta da minha esposa, porque eu não tenho tempo de sair. Essa é a história, nada além disso. Não quero esconder nada, não é nossa intenção’”.

Teixeira encerra: “Assim, pelos motivos explanados, requer-se à Vossa Excelência, digne-se a nos enviar informações acerca do paradeiro do senhor Fabrício Queiroz, eis que fundamental à consecução da democracia em nosso país”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum