Fórumcast, o podcast da Fórum
05 de setembro de 2019, 08h06

Em mais uma pérola, Carlos Bolsonaro justifica “pibinho” dizendo que mundo não “cresce estupidamente”

Filho 02 de Bolsonaro tropeça na gramática e na coesão textual para tentar culpar a mídia pelo crescimento minúsculo do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro

Carlos Bolsonaro (Reprodução/Flickr)

Em mais uma de suas pérolas nas redes sociais, Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) tropeça na gramática e na coesão textual, tenta culpar a mídia e justifica o crescimento minúsculo do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro dizendo que há quem acredita que o “mundo cresce estupidamente”.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

“Par quem acha que o mundo cresce estupidamente e o Brasil tem desenvolvimento pífio: qualquer um sabe que podemos muito mais, dependemos também dos outros poderes, assim superaremos todas as expectativas… MAS… tem a mídia também (SIC)”, escreveu Carlos, compartilhando um gráfico que mostra o crescimento do Brasil comparativo a outros países.

Bachelet
Nesta quarta-feira (4), Carlos também aproveitou para fazer eco ao pai, Jair Bolsonaro (PSL), nas críticas a ex-presidenta do Chile e atual Comissária de Direitos Humanos da ONU, Michelle Bachelet: “Direito dos manos”, tuitou o 02, compartilhando tuíte do assessor especial da Presidência, Arthur Weintraub, que diz que Bachellet quer “mexer com nossa soberania”.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum