Fórumcast, o podcast da Fórum
19 de agosto de 2019, 06h59

Em meio a cortes no orçamento, Bolsonaro gasta R$ 1,6 milhão com medalhas para condecorar a si e aliados

Ministérios das Relações Exteriores, da Defesa, Exército, Marinha, Aeronáutica e Escola Superior de Guerra têm mais de 50 tipos diferentes de condecorações. Gastos superam os que foram feitos em anos anteriores

O presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia de outorga da medalha do Mérito Mauá. (Foto: Carolina Antunes/Agência Brasil)

Militar reformado, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) desembolsou em seus primeiros meses de governo R$ 1,6 milhão para a confecção de medalhas para condecorar a si mesmo e aliados em cerimônias da caserna. Apesar de o governo ter patrocinado um contingenciamento que atingiu diversas áreas, entre elas a da Educação, os gastos com medalhas supera os que foram feitos em anos anteriores, como em 2017 e 2018.

O Facebook silenciou a Fórum. Censura? Clique aqui e nos ajude a lutar contra isso

Em abril, o presidente concedeu ao guru do bolsonarismo, Olavo de Carvalho, o mais alto grau da Ordem de Rio Branco, do Itamaraty. Essa condecoração é dada pelo governo para “distinguir serviços meritórios e virtudes cívicas, estimular a prática de ações e feitos dignos de honrosa menção.”

Na mesma ocasião, foram homenageados, com medalhas de grau inferior, os filhos Flavio, senador, e Eduardo, deputado federal, além de ministros, governadores e deputados aliados, entre eles o deputado federal Helio Negão (PSL-RJ).

Com informações da Folha de S.Paulo.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum