O que o brasileiro pensa?
24 de junho de 2020, 21h03

Em meio à pandemia, Bolsonaro comemora aumento de 20 pontos para 40 na CNH

Câmara aprova texto-base do projeto que altera trechos do Código de Trânsito Brasileiro

Foto: Marcos Corrêa/PR

Em meio a uma crise sem precedentes no país, por conta da pandemia de coronavírus, que matou, por enquanto, mais de 53 mil pessoas, Jair Bolsonaro foi ao Twitter para comemorar a aprovação do texto-base do projeto que altera trechos do Código de Trânsito Brasileiro. A votação foi realizada nesta quarta-feira (24), na Câmara dos Deputados.

Bolsonaro tuitou: “O prazo para renovação da CNH passa a ser de dez anos para motoristas com idade inferior a 50 anos; cinco anos para aqueles com idade entre 50 e 70 anos; e três para aqueles acima de 70”.

“Aumento de 20 para 40 pontos o limite para suspensão da CNH para condutores que não tenham cometido nenhuma infração gravíssima. Para motoristas profissionais, o teto também é 40 pontos, independentemente da infração”

“Criação de cadastro (Registro Nacional Positivo de Condutores) que possibilita benefícios fiscais e tarifários para condutores que não cometeram infrações nos últimos 12 meses”.

Após a análise dos destaques, ou seja, sugestões de mudança no texto, o projeto seguirá para apreciação do Senado.

Entre as mudanças aprovadas pelos deputados, está o aumento no número de pontos para suspensão, em razão de multas, da Carteira Nacional de Habilitação (CNH): 40 pontos para quem não tiver infração gravíssima; 30 pontos para quem possuir uma gravíssima; 20 pontos para quem tiver duas ou mais infrações do tipo.

Outra alteração foi a prorrogação do prazo da validade desse documento: 10 anos para condutores com menos de 50 anos; 5 anos para condutores com idade igual ou superior a 50 e inferior a 70 anos; 3 anos para condutores com 70 anos ou mais.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum