Fórum Educação
10 de março de 2020, 06h22

Em menos de 24 horas, Bolsonaro atende “facção” olavista e derruba nomeada por Regina Duarte

Bolsonaro cancelou nomeação de Maria do Carmo Brant de Carvalho para a Secretaria da Diversidade e mostrou para Regina Duarte que a "carta branca" prometida a ela depende do aval dos doutrinados de Olavo de Carvalho

Regina Duarte, Jair Bolsonaro e Marcelo Álvaro Antônio (Foto: Alan Santos/PR)

Na primeira semana de “trabalho” de Regina Duarte frente à Secretaria Nacional de Cultura, Jair Bolsonaro mostrou na prática à ex-atriz global que a “carta branca” prometida a ela era apenas mais uma mentira para atraí-la ao governo e que vai continuar seguindo as coordenadas de Olavo de Carvalho em sua propalada “guerra cultural”.

Leia também: Bolsonaro ligou para filho de Regina Duarte para interferir em nomeações da mãe

Menos de 24 horas após a nomeação da assistente social Maria do Carmo Brant de Carvalho por Regina Duarte para o comando da secretaria de Diversidade Cultural, Bolsonaro cancelou o ato em edição extra do Diário Oficial da União (DOU), em uma vitória da “facção” olavista do governo.

A nomeação chegou a ser anunciada no site do Ministério do Turismo, pasta em que a Secretaria de Cultura está atrelada, por volta das 11h30 da manhã. Mas, à noite, Maria do Carmo já não estava mais à frente da Secretaria.

Doutora pela PUC-SP e conselheira do grupo orientador da Fundação Itaú Social (FIS), Maria do Carmo vinha sendo atacada nas redes bolsonaristas por ter sido secretária de Assistência Social do governo Temer.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum