Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
23 de agosto de 2019, 06h20

Ernesto Araújo diz que governo Bolsonaro é vítima da “esquerda foro-de-são-paulina” na questão da Amazônia

Em uma sequência delirante no Twitter, o chanceler olavista afirmou ainda que o Brasil virou alvo de uma campanha "feroz e injusta" no tema ambiental porque Bolsonaro está "reerguendo o Brasil"

Ernesto Araújo e Bolsonaro com Olavo de Carvalho (Reprodução)

Em uma sequência delirante no Twitter no fim da noite desta quinta-feira (22), o ministro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo, ignorou às críticas e apelos internacionais – que partem de um amplo espectro e envolve de governantes europeus à Nasa – para dizer que o governo Jair Bolsonaro é vítima da “esquerda foro-de-são-paulina” na questão do desmatamento e incêndios na Amazônia.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

“Incapaz de convencer os brasileiros do contrário, a esquerda foro-de-são-paulina recorre a seus aliados na mídia internacional e à caixa de ressonância dos ambientalistas radicais (manipulados por décadas de propaganda) para atacar o seu próprio país e questionar sua soberania”, disse o chanceler, discípulo de Olavo de Carvalho, em um dos seis tuítes publicados.

Araújo disse que o Brasil virou alvo de uma campanha “feroz e injusta” no tema ambiental porque Bolsonaro está “reerguendo o Brasil”.

“Está fazendo o Brasil atuar como país grande, colocando seu peso em favor da liberdade e dignidade humana, contra a ideologia de gênero e outros mecanismos de controle psicossocial, defendendo integração aberta e democracia na América do Sul, tirando o Foro de S. Paulo da toca”, tuitou Araújo, dizendo que esses “avanços” incomodam as forças nacionais e internacionais que “querem recolonizar o Brasil”. “Não conseguirão”, finaliza.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum