Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
25 de outubro de 2019, 22h47

“Eu posso ser presidente sem partido”, afirmou Bolsonaro pouco antes de deixar a China

"Tanto faz eu estar com partido ou sem partido. Dos 50 parlamentares do PSL, tem uns 30 que estão fechadíssimos conosco. Tem uma meia dúzia que foi para o radicalismo", destacou o presidente

Foto: Jair Bolsonaro e Luciano Bivar - Reprodução/Facebook

Pouco antes de deixar a China, o presidente Jair Bolsonaro deu mais uma de suas declarações curiosas. O ex-capitão disse que não gosta de política e que não teria problemas em governar sem partido caso abandone o PSL.

“Eu posso ser presidente sem partido”, afirmou em coletiva, segundo o jornalista Ricardo Senra, da BBC News. “Tanto faz eu estar com partido ou sem partido. Dos 50 parlamentares do PSL, tem uns 30 que estão fechadíssimos conosco. Tem uma meia dúzia que foi para o radicalismo”, completou.

No rastro do crime ambiental nas praias do Nordeste: Ajude a Revista Fórum a mergulhar na realidade dessa grande tragédia

Bolsonaro ainda afirmou que nunca foi muito afeito à política e, por isso, jamais participou de uma comissão na Câmara durante as quase três décadas em que passou nela. “Tudo pode acontecer. Eu nunca fui muito afeito à política, acredite se quiser. Em 28 anos na Câmara, nunca fui de uma comissão”, declarou.

O presidente ainda atacou a ex-líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann, sem citá-la nominalmente. “Tem alguns ali que botaram na cabeça ‘vou ser prefeita, vou ser isso, aquilo’, atropelaram tudo”, disse.

Crise no PSL

Bolsonaro é um dos pivôs de uma crise interna no PSL que pode gerar a expulsão de quadros pró-Bolsonaro dentro da sigla, incluindo seu filho Eduardo, eleito como líder da bancada da sigla na Câmara, após pressão do Planalto.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum