Governo Bolsonaro

Filiado ao PL, Bolsonaro muda discurso: “Não vou dizer que não tem corrupção”; veja vídeo

"A gente não sabe o que acontece", disse Bolsonaro a apoiadores. Ao lado de Valdemar da Costa Neto no ato de filiação ao PL, o presidente não tocou no tema corrupção. Dias depois, PF liberou imagens de deputado do partido flagrado com maços de dinheiro do orçamento secreto.

Compartilhar

Após voltar para casa junto a parlamentares do Centrão no ato de filiação ao PL há menos de uma semana, Jair Bolsonaro (PL) já mudou seu discurso e agora diz que não pode garantir que não existe corrupção em seu governo.

Leia também:
Bolsonaro abandona discurso contra corrupção em ato de filiação ao PL
Presidente do PL, de Bolsonaro, no Maranhão é flagrado com dinheiro de propina de orçamento secreto

“Não vou dizer que em meu governo não tem corrupção. A gente não sabe o que acontece. Se tiver qualquer problema, a gente vai investigar isso. Eu não posso dar conta de mais de 20 mil servidores comissionados, ministérios com 300 mil funcionários”, disse a um grupo de apoioadores no cercadinho do Palácio da Alvorada na manhã desta segunda-feira (6).

Assista

Vice do centrão?

Bolsonaro ainda negou que terá um vice do centrão, atacando as especulações de nomes que teriam sido publicados pela imprensa, citando nominalmente a revista Veja.

“Estão sempre tentando atrapalhar. A Veja… eu vou escolher um nome do centrão para 22. Eu não tenho o nome de ninguém definido ainda”, disse, reclamando da divulgação feita pelos próprios pretendentes ao posto.

“É o tempo todo. Aí tem gente que coloca o nome lá, passa a matéria – os nomes que estão lá, a princípio é alguém que passou a matéria – pra se cacifar. Eu já falei: quem aparecer como se cacifando já está cortado”, afirmou.

Filiação ao PL e corrupção

Ao lado de Valdemar da Costa Neto, que já foi condenado e preso por corrupção, Jair Bolsonaro abandonou uma de suas principais bandeiras da campanha de 2018 ao se filiar ao PL, um dos partidos mais fisiológicos do Centrão.

Durante seu discurso, de pouco mais de 15 minutos, Bolsonaro não tocou no tema da corrupção, um dos seus principais discursos junto a apoiadores da ala mais radical.

Ao contrário, Bolsonaro, que durante quase 30 anos, fez parte do Centrão na Câmara dos deputados, disse estar se sentindo em casa.

“Estou me sentindo aqui em casa. Arthur Lira. Dentro do Congresso Nacional. Vocês me trazem lembranças agradáveis, de luta, de embate. Eu vim do meio de vocês, fiquei 28 anos dentro da Câmara dos Deputados, como poucos aqui atingiram esse tempo. E há uma semelhança muito grande entre nós”, disse Bolsonaro.

Três dias depois, reportagem de Paulo Cappelli e Rodrigo Rangel na Crusoé mostrou o presidente do PL no Maranhão, o deputado federal Josimar de Maranhãozinho segurando diversos maços de dinheiro que seriam propina desviadas de emendas do chamado “orçamento secreto”, esquema de compra de votos que o governo implantou juntamente com Arthur Lira (PP-AL) no Congresso.

As imagens teriam sido captadas por uma câmera instalada pela PF, com autorização do Supremo Tribunal Federal (STF), no gabinete político do deputado em São Luís, no Maranhão.

Maranhãozinho é investigado em ao menos dois inquéritos da PF sobre compra e venda de votos com emendas parlamentares.

Algumas negociatas foram feitas com as emendas do relator, controladas por Lira, que abastecem o chamado “orçamento secreto”.

Notícias relacionadas

Nada encontrado

Este post foi modificado pela última vez em 6 dez 2021 - 11:32 11:32

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Por
Plinio Teodoro

Última hora

  • Política

PT do RJ vai formalizar aliança com Freixo, mas candidatura de Lula deve ter outros palanques no estado

PT está negociando com o PSB e pleiteia a vaga ao Senado para o presidente…

25 jan 2022 - 22:49
  • Brasil

Estudante que enfrentou Bolsonaro se pronuncia: “Atrás desse personagem machão existe um covarde”

Hadassa Gomes deixou Bolsonaro desconcertado ao chamá-lo de "farsa" no cercadinho do Alvorada; "Fui falar…

25 jan 2022 - 22:09
  • Brasil

Abandono do Brasil: Governadores vão tratar de economia e meio ambiente com a UE

Sem o governo federal cumprindo com suas obrigações, políticos estaduais dão início a tratativas internacionais…

25 jan 2022 - 22:08
  • Política

Para defender Bolsonaro, Onyx mente em artigo na Folha sobre desemprego no governo Dilma

O ministro do Trabalho, Onyx Lorenzoni, manipulou dados para tentar dizer que a situação do…

25 jan 2022 - 21:57
  • Debates

Lula anuncia uma nova pauta para o Brasil – Por Paulo Pimenta

"Os editorialistas dos jornalões sabem que no pleito de 2022 não se trata de mudança…

25 jan 2022 - 21:19
  • Brasil

VÍDEO: Enfermeira finge aplicar vacina em criança de Taubaté (SP)

Prática disseminada no início da vacinação de adultos, muitas vezes por profissionais alinhados ao negacionismo…

25 jan 2022 - 21:01