Fórum Educação
08 de agosto de 2019, 18h25

Funcionários dos Correios filiados a partidos de esquerda são alvos de “denúncia”

Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicação recebeu “denúncia” através do gabinete da deputada bolsonarista Bia Kicis (PSL), que nega qualquer intenção de perseguir funcionários de esquerda da empresa

Foto: Reprodução

A Fórum recebeu uma denúncia de que o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) estava promovendo perseguição política a funcionários dos Correios. O MCTIC analisou um levantamento, no qual constam nomes de servidores da empresa, que exercem cargos comissionados, filiados a partidos políticos de oposição. Essa lista foi enviada ao ministério pela deputada Bia Kicis (PSL-DF), do partido de Jair Bolsonaro.

A denúncia fez com que parlamentares da bancada do PT na Câmara dos Deputados protocolassem nesta quinta-feira (8) representação na Procuradoria-Geral da República (PGR) para investigar e punir atos de perseguição política e ideológica nos Correios.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

Em contato com a Fórum, a deputada se justificou e disse que não tem “nenhum interesse nessa história”. Ela alega que recebeu uma “denúncia” de um funcionário dos Correios e que não conhecia o teor do e-mail que foi endereçado ao seu gabinete.

“Isso foi uma denúncia encaminhada para o meu gabinete, de um servidor dos Correios. Minha chefe de gabinete encaminhou para o Ministério da Ciência e Tecnologia, pasta a qual são ligados os Correios. Essa é a nossa praxe. Qualquer denúncia que chegar aqui, a gente encaminha para o órgão competente, porque aqui não é delegacia de polícia, a gente não tem poder investigativo”, justificou.

“Eu nem tomo conhecimento do conteúdo de qualquer denúncia. A determinação que passei para meu gabinete é encaminhar. A gente não vai deixar nada arquivado, porque, no meio de milhares de denúncias que chegam, pode ter coisa séria. A gente não faz essa avaliação. Fiquei sabendo dessa história, pois eu não sabia, desconhecia esse assunto. A resposta é essa. Não tenho nenhum interesse nessa história e não sei nem o nome da pessoa que encaminhou esse e-mail para cá”, a acrescentou.

MCTIC e Correios

A Fórum também procurou o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) para colher um posicionamento oficial. Via assessoria de imprensa, o MCTIC enviou um comunicado lacônico por e-mail:

“O MCTIC informa que encaminhou a referida denúncia aos Correios de forma protocolar por se tratar de assunto para a empresa, que é vinculada ao MCTIC.

Por sua vez, os Correios informaram, em nota não menos lacônica, que “há normativo interno que disciplina o processo de designação de função nos Correios, observando critérios de meritocracia e experiência profissional, que são valores defendidos pela empresa. Aspectos relacionados a filiações político-partidárias não são objeto de apreciação para fins de designação ou de destituição de função”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum