O que o brasileiro pensa?
19 de maio de 2020, 11h09

General Pazuello coloca coronel como número 2 e aparelha Ministério da Saúde com militares

Além da nomeação do coronel Antônio Élcio Franco Filho para secretaria-executiva, ministro interino efetuou outras nove mudanças, todas elas alçando militares para postos chaves na pasta

General Eduardo Pazuello (Anderson Riedel/PR)

Diante do impasse de Jair Bolsonaro para nomear um substituto para Nelson Teich, que pediu demissão menos de um mês após ser alçado ao cargo após exoneração de Luiz Henrique Mandetta, o ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello nomeou para a secretaria-executiva da pasta o coronel Antônio Élcio Franco Filho.

Com a indicação do coronel para o cargo que ele mesmo estava ocupando, Pazuello cumpre os desejos de Bolsonaro de militarizar a Saúde para impor suas políticas – como fim do isolamento social e uso indiscriminado de cloroquina – no combate ao coronavírus.

Originalmente o substituto de Pazuello como “número 2” deveria ser Carlos Alberto Andrade e Jurgielewicz, ainda um nome indicado por Mandetta. Na portaria em que oficializou a mudança, Pazuello dispensou Jurgielewicz de assumir a função.

Além da designação de Franco Filho, Pazuello efetuou outras nove trocas no Ministério da Saúde, todas elas com nomeações de militares.

Foram anunciadas as seguintes alterações na estrutura do Ministério da Saúde: Angelo Martins Denicoli como novo diretor do Departamento de Monitoramento e Avaliação do SUS (em substituição a Alberto Tomasi Diniz Tiefensee); Luiz Otávio Franco Duarte como assessor especial do Ministro; Giovani Cruz Camarão como coordenador de finanças (em substituição a Marcos Robero Leandro da Rocha); André Cabral Botelho como coordenador de contabilidade (em substituição a Alexandra das Neves Agapito de Aaraújo); Alexandre Magno Asteggiano como assessor (em substituição a Elisene Maria Souza Brito); Marcelo Sampaio Pereira como diretor de programa; Vagner Luiz de Silva Ranger como coordenador-geral de Execução Orçamentária (em substituição a Neuta Carolines Alves Dias); Mario Luiz Ricette Costa como assessor técnico (em substituição a Filipe de Almeida Bernardes); e Ramon da Silva Oliveira como coordenador-geral de Inovação (em substituição a Suelen Gonçalves dos Anjos).


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum