Fórumcast, o podcast da Fórum
06 de setembro de 2019, 10h54

Glenn ironiza MPF por se chocar com escolha de Bolsonaro do novo PGR: “Tão fofo”

Jornalista se referiu à declaração de um procurador do RN: “O momento é de reconhecer o grande equívoco” para quem “um dia acreditou que esse governo tinha algum compromisso com o combate à corrupção”

Foto: Reprodução

O jornalista Glenn Greenwald, editor do The Intercept Brasil, voltou ao Twitter, nesta sexta-feira (6), para ironizar integrantes do Ministério Público Federal (MPF), que se surpreenderam com a escolha de Augusto Aras para a Procuradoria-Geral da República (PGR).

“Jair Bolsonaro passou os últimos 30 anos: a) denunciando a democracia e elogiando a ditadura militar e b) mantendo laços com as facções mais corruptas do Rio como deputado. Tão fofo ver os membros do MPF tão chocados que seu compromisso de combater à corrupção não era genuíno!”, tuitou.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

Em relação à indicação de Ara, feita por Bolsonaro, o procurador Fernando Rocha, do Rio Grande do Norte, declarou que “o momento é de reconhecer o grande equívoco” para quem “um dia acreditou que esse governo tinha algum compromisso com o combate à corrupção, com a independência do MP, com a Lava Jato”.

Bajulação

Glenn já havia ironizado as publicações da deputada federal Carla Zambelli (PSL) e do ministro da Justiça, Sérgio Moro, bajulando Bolsonaro (PSL) pela nomeação do novo PGR.

O editor do The Intercept escreveu que Zambelli tem “mentalidade de um membro do culto” e que Moro não tem “espinha nem dignidade”.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum