#Fórumcast, o podcast da Fórum
14 de outubro de 2019, 12h49

Governo Bolsonaro coloca 2.500 militares em postos de chefia de órgãos federais

O aumento significativo de integrantes das Forças Armadas em cargos antes ocupadas por civis, com fim da ditadura, foi mais intensa nos postos próximos ao presidente

Foto: Agência Brasil

Jair Bolsonaro, em apenas nove meses de governo, aumentou em 325 postos o número de militares (ativa e reserva), que fazem parte da administração federal. Além dele e do vice, general Hamilton Mourão, há oito dos 22 ministros e nada menos do que 2.500 militares em cargos de chefia ou assessoramento, de acordo com reportagem de Camila Mattoso e Ranier Bragon, da Folha de S.Paulo.

O aumento significativo de integrantes das Forças Armadas em cargos antes ocupadas por civis, com fim da ditadura, foi mais intensa nos postos próximos a Bolsonaro, como o Gabinete de Segurança Institucional, que passou de 943 para 1.061 militares. Na vice-presidência, então, a ampliação foi de três para 65.

Ministérios

O número de militares no Ministério do Meio Ambiente subiu de um para 12. Já a pasta da Justiça, quase dobrou a participação de integrantes das Forças Armadas, de 16 para 28.

Por uma determinação do general Guilherme Theophilo, secretário nacional de Segurança Pública, os militares da pasta devem ir fardados toda quarta-feira.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum