Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
03 de outubro de 2019, 15h43

Governo Bolsonaro quebra recorde e libera mais 57 agrotóxicos; total só este ano chega a 382

Para ambientalistas, a aceleração do ritmo de aprovações é uma forma de o governo colocar em prática itens do “Pacote do Veneno”

Foto: Divulgação

O governo de Jair Bolsonaro, por meio do Ministério da Agricultura, comandado por Tereza Cristina (DEM-MS), conhecida como “Musa do Veneno”, anunciou o registro de mais 57 agrotóxicos, chegando a um total de 382, somente em 2019.

Trata-se do nível mais alto de registros da série histórica, que começou em 2005.

De acordo com o governo, o objetivo da aprovação de produtos genéricos é aumentar a concorrência no mercado e diminuir o preço dos defensivos, o que faz cair o custo de produção.

Com o novo anúncio, os registros de agrotóxicos em 2019 seguem na frente de anos anteriores. No mesmo período de 2018, até então o maior nível de liberação, ocorreram 314 registros.

Na avaliação de ambientalistas, a aceleração do ritmo de aprovações é uma forma de o governo Bolsonaro colocar em prática itens do polêmico projeto de lei 6.299/02, que ficou conhecido como “Pacote do Veneno”, ainda em discussão na Câmara dos Deputados.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum