Fórumcast #19
18 de julho de 2019, 07h03

Governo quer escalar Flávio Bolsonaro em Comissão do Senado para aprovar Eduardo como embaixador

Bolsonaro quer colocar Flávio na Comissão de Relações Exteriores do Senado para garantir um dos votos que faltam para aprovar indicação do filho 03 para a embaixada em Washington

Flávio e Eduardo Bolsonaro com o apresentador Silvio Santos (Reprodução/Twitter )

O governo Bolsanaro está operando para que a Comissão de Relações Exteriores (CRE) do Senado mude sua composição para facilitar a aprovação do nome de Eduardo Bolsonaro como embaixador do Brasil nos EUA. A ideia é garantir dois votos além dos já esperados.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Segundo Renato Onofre e Amanda Pupo, do Estado de S. Paulo, o governo pretende fazer duas alterações: a primeira seria a do PSDB ceder uma de suas cadeiras na comissão para Flávio Bolsonaro (PSL-RJ); já a segunda se trata da indicação de um parlamentar favorável a Bolsonaro para a vaga ociosa do bloco MDB, PP e PRB.

Em levantamento do Estadão, dos 17 membros da CRE, seis se declararam contrários à indicação de Eduardo enquanto sete são favoráveis. Outros três não quiseram comentar e um não se manifestou.

Entre os que não aprovam está Mara Gabrilli (PSDB-SP), que forma a bancada tucana na comissão junto de Antonio Anastasia (MG), que se mantém neutro. A manifestação da senadora fez o Planalto se mobilizar para impedi-la de votar. Em conversa com o líder do partido na Casa, Roberto Rocha (PSDB-PA), bolsonaristas tentam substituí-la por Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), seu suplente, no dia da votação.

Veja também:  Aprovada na Câmara, MP da "liberdade econômica" corta mais direitos trabalhistas

Outro alvo dos aliados de Bolsonaro é a última vaga do bloco MDB, PP e PRB: os partidos indicaram apenas quatro dos cinco postos na CRE e se busca colocar mais um aliado para melhorar o placar. Fernando Bezerra (MDB-PE), líder do governo, e Mailza Gomes (PP-AC) são cotados.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum