Fórumcast, o podcast da Fórum
10 de agosto de 2019, 20h24

Isolado no governo e humilhado, Moro busca aproximação citando mais Bolsonaro no Twitter

Último compartilhamento ocorreu na noite deste sábado (10), quando Moro republicou vídeo em que Bolsonaro tenta intimidar a imprensa dizendo que "Se excesso de jornalismo desse cadeia, todos vocês estariam presos agora"

Moro e Bolsonaro em live (Foto: Carolina Antunes/PR)

Recebendo críticas pelo estilo centralizador, o que o deixa isolado no governo, e sendo humilhado publicamente por Jair Bolsonaro com piadas, o ministro da Justiça, Sergio Moro, mudou a estratégia e tem citado e marcado mais o capitão nas suas publicações no Twitter.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Com as aspirações de uma cadeira no Supremo Tribunal Federal (STF) e até mesmo com o Palácio do Planalto cada dia mais distantes, Moro busca demonstrar proximidade de ideias com Bolsonaro durante a fritura que sofre no ministério.

Nos últimos três dias, foram quatro menções ao presidente na rede social, sendo dois compartilhamentos de publicações de Bolsonaro. O número é igual ao total dos 30 dias anteriores, quando Moro citou Bolsonaro somente quatro vezes em suas postagens.

O último compartilhamento ocorreu na noite deste sábado (10), quando republicou um vídeo em que Bolsonaro tenta intimidar a imprensa ao explicar sobre os “excessos” do Código Penal. “Se excesso de jornalismo desse cadeia, todos vocês estariam presos agora”, diz Bolsonaro, com Moro rindo discretamente ao fundo.

Isolado
Nesta sexta-feira (9), Os três principais jornais impressos do país destacaram reportagens e convocaram colunistas para análise sobre a humilhação e o “encolhimento” do imponente ex-juiz da Lava Jato no governo Bolsonaro.

Folha, Estadão e O Globo deram destaque à humilhação que Moro está sendo submetido por Jair Bolsonaro e já rifam o ex-juiz que, no governo, estaria cada dia “menor” em relação ao imponente magistrado que comandava a 13ª Vara Federal de Curitiba com “uma caneta na mão”.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum