Isolado no governo e humilhado, Moro busca aproximação citando mais Bolsonaro no Twitter

Último compartilhamento ocorreu na noite deste sábado (10), quando Moro republicou vídeo em que Bolsonaro tenta intimidar a imprensa dizendo que "Se excesso de jornalismo desse cadeia, todos vocês estariam presos agora"

Recebendo críticas pelo estilo centralizador, o que o deixa isolado no governo, e sendo humilhado publicamente por Jair Bolsonaro com piadas, o ministro da Justiça, Sergio Moro, mudou a estratégia e tem citado e marcado mais o capitão nas suas publicações no Twitter.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Com as aspirações de uma cadeira no Supremo Tribunal Federal (STF) e até mesmo com o Palácio do Planalto cada dia mais distantes, Moro busca demonstrar proximidade de ideias com Bolsonaro durante a fritura que sofre no ministério.

Nos últimos três dias, foram quatro menções ao presidente na rede social, sendo dois compartilhamentos de publicações de Bolsonaro. O número é igual ao total dos 30 dias anteriores, quando Moro citou Bolsonaro somente quatro vezes em suas postagens.

O último compartilhamento ocorreu na noite deste sábado (10), quando republicou um vídeo em que Bolsonaro tenta intimidar a imprensa ao explicar sobre os “excessos” do Código Penal. “Se excesso de jornalismo desse cadeia, todos vocês estariam presos agora”, diz Bolsonaro, com Moro rindo discretamente ao fundo.

Isolado
Nesta sexta-feira (9), Os três principais jornais impressos do país destacaram reportagens e convocaram colunistas para análise sobre a humilhação e o “encolhimento” do imponente ex-juiz da Lava Jato no governo Bolsonaro.

Folha, Estadão e O Globo deram destaque à humilhação que Moro está sendo submetido por Jair Bolsonaro e já rifam o ex-juiz que, no governo, estaria cada dia “menor” em relação ao imponente magistrado que comandava a 13ª Vara Federal de Curitiba com “uma caneta na mão”.

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR