Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
27 de agosto de 2019, 13h33

Macron rebate Bolsonaro e diz que há outros países a serem ajudados na região amazônica

As afirmações do presidente francês ocorreram quase que simultaneamente às declarações do brasileiro, que disse que só pensaria em aceitar auxílio do G7 após Macron “retirar insultos”

O presidente francês, Emmanuel Macron - Foto: Reprodução

A troca de farpas entre Jair Bolsonaro e Emmanuel Macron, em relação ao crime ambiental que está ameaçando a sobrevivência da Amazônia, teve mais um capítulo nesta terça-feira (27). Durante uma conferência de embaixadores em Paris, o presidente francês declarou que há outros países a serem ajudados na região amazônica.

“Notei que as inquietudes são sobretudo à falta de tato de alguns dirigentes que consideram que a soberania é, no fundo, agressividade, o que acredito profundamente ser um erro. Somos um país soberano, quando temos grandes acontecimentos, aceitamos com alegria e bons olhos a solidariedade internacional, porque é um símbolo de amizade”, disse Macron.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

O presidente francês acrescentou: “Mas, sobretudo, há nove países na Amazônia. Há muitos outros países que solicitaram nossa ajuda e então é importante mobilizá-la rápido para que a Colômbia, a Bolívia e todas as regiões brasileiras que desejarem ter acesso a essa ajuda internacional possam tê-la e possam reflorestá-la rapidamente”.

As afirmações de Macron ocorreram quase que simultaneamente às declarações de Bolsonaro, em Brasília. O brasileiro disse à imprensa que o presidente francês terá de “retirar insultos” contra ele e o Brasil, antes de pensar em aceitar a ajuda US$ 20 milhões (cerca de R$ 82 milhões) dos países do G7 para combater as queimadas na Amazônia.

Trump

Ainda nesta terça (27), Donald Trump voltou ao Twitter para demonstrar apoio ao brasileiro.

“Conheci bem o presidente Bolsonaro em nossas negociações com o Brasil. Ele está trabalhando duro em relação aos incêndios na Amazônia e, em todos os aspectos, fazendo um ótimo trabalho para o povo do Brasil – o que não é fácil. Ele e seu país têm o apoio total e completo dos EUA!”, postou o presidente norte-americano.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum