Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
03 de fevereiro de 2020, 19h24

MC Damares: Ministra quer lançar músicas pregando abstinência sexual

"Em vez de cantar só a exaltação do sexo para as novinhas, por que não vir novas músicas?", declarou a ministra

A ministra Damares Alves (Foto: Divulgação/MMFDH)

A ministra Damares Alves, da Mulher, da Família, e dos Direitos Humanos, disse durante coletiva de imprensa nesta segunda-feira (3) que pretende lançar músicas para estimular “reflexão” sobre a prática sexual. Damares defende que a abstinência sexual é o melhor caminho para evitar gravidez precoce.

Sem mencionar preservativos, a ministra fez uma apresentação da nova campanha lançada pelo ministério. Criticada por diversos especialistas, Damares disse que a ideia não é “uma loucura de uma ministra moralista, fundamentalista” e que conversou com “muita gente” para aderir ao “reflita, pense duas vezes”.

A pastora pensa em distribuir cartilhas em escolas para “estimular a reflexão” e também lançar músicas. “Vamos sim para cartilhas, para escolas, para rodas de conversa com adolescentes. Vamos convidar a arte, as músicas, em vez de cantar só a exaltação do sexo para as novinhas, por que não vir novas músicas?”, declarou.

A frase da ministra se espalha em declaração dada pela secretária Nacional de Juventude, Jayana Nicaretta, que disse que “as músicas só falam da parte boa da prática sexual” e que não há “música falando de todas as ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis), ou do impacto da gravidez precoce”.

A Defensoria Pública da União formalizou na última sexta-feira uma recomendação ao Ministério da Saúde para que não fosse lançada a campanha, ressaltando que não existem evidências científicas que comprovem a eficiência do método.

Com informações da Folha de S. Paulo


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum