Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga admite: “o presidente interfere sim”

Queiroga ainda mostrou irritação ao ser indagado sobre a retirada do parecer contrário ao "kit Covid" da reunião da Conitec. "Tenho outras coisas a fazer do que ficar interferindo em comissões do Ministério"

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, admitiu aquilo que muitos já sabiam – incluindo seu antecessor, Eduardo Pazuello, que cunhou a frase: um manda, outro obedece.

Em entrevista na manhã desta segunda-feira (11), Queiroga não explicou a retirada do parecer contrário ao “kit Covid” da reunião da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec) na última quinta-feira (7), mas admitiu que Jair Bolsonaro (Sem partido) interfere, sim, na pasta.

Leia também: Bolsonaro se irrita com Queiroga e manda tirar relatório contrário à cloroquina da pauta do Conitec

“Temos que trabalhar, é essa a recomendação que recebo do presidente. As pessoas [dizem] ‘ah, o presidente interfere’. O presidente interfere sim, pede que a gente trabalhe, pede que a gente dialogue com a sociedade, faça entregas para a sociedade. Vou continuar fazendo isso. Eu sei que estou no rumo certo”, disse.

Sobre o parecer, Queiroga disse que ele que mandou inlcuir na pauta da reunião da Conitec, mas saiu pela tangente sobre o que ocorreu, que derrubou o tema às vésperas do encontro.

“Eu que incluí na pauta. O professor Carlos Carvalho já falou publicamente. Tenho outras coisas a fazer do que ficar interferindo em comissões do Ministério. Eu tenho que distribuir vacinas para a população”.

O pneumologista Carlos Carvalho negou ter sido pressionado pelo governo para pedir o adiamento da análise do relatório. Ele coordena a elaboração de diretrizes de tratamento da covid-19 para o Ministério da Saúde e afirma que o adiamento foi solicitado para incluir novos estudos sobre possíveis tratamentos.

Com informações do Poder 360

Publicidade

Notícias relacionadas

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR