Fórumcast, o podcast da Fórum
04 de setembro de 2019, 17h11

Ministro das Relações Exteriores também ataca Michelle Bachelet: “Está muito mal informada”

“Qualquer observador atento sabe que o Brasil vive uma democracia plena”, disse Ernesto Araújo, em contradição com o que se vive no país de Bolsonaro

Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

O ministro das Relações Exteriores, o “terraplanista” Ernesto Araújo foi ao Twitter para defender seu chefe, Jair Bolsonaro, e criticar Michelle Bachelet. A Alta Comissária da ONU para os Direitos Humanos foi atacada pelo presidente brasileiro.

“Alta Comissária da ONU p/ Direitos Humanos Michelle Bachelet disse que ‘O espaço democrático no Brasil está encolhendo’. Está muito mal informada. Qualquer observador atento sabe q o Brasil vive uma democracia plena e q os brasileiros hoje se engajam na política como nunca antes”, escreveu Araújo.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

Em um segundo tuite, disse: “O que está encolhendo é o espaço da esquerda. Talvez seja isso o que no fundo a preocupa. Está encolhendo porque cada vez menos brasileiros acreditam numa ideologia que só nos deu corrupção e pobreza. Já o espaço da liberdade, do desenvolvimento e da segurança está aumentando”.

Para finalizar, ainda foi além: “Lembrando que os policiais e agentes da lei, cuja ação a Alta Comissária parece desprezar, são também grandes defensores dos direitos humanos. Arriscam a própria vida para defender a segurança e o direito à vida dos seus concidadãos, o mais fundamental de todos os direitos”.

Ataques de Bolsonaro

A ex-presidenta do Chile fez críticas ao modelo arbitrário de governo de Bolsonaro. Entre outras afirmações, disse que há uma “redução do espaço democrático” no Brasil.

Em resposta, Bolsonaro a atacou e defendeu a tortura e a morte do pai de Michelle, Alberto Brachelet, vítima da ditadura do general Augusto Pinochet.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum