Fórumcast, o podcast da Fórum
14 de agosto de 2019, 12h48

Ministro do Meio Ambiente de Bolsonaro dá carona para ruralistas em aviões da FAB

Em contrapartida, nenhum parlamentar da bancada ambientalista usufruiu das aeronaves da FAB em viagens oficiais

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente de Jair Bolsonaro, ofereceu e deu carona a dez deputados e senadores da bancada ruralista em aviões da Força Aérea Brasileira (FAB). O fato ocorreu durante os seis meses de governo, de acordo com O Globo, que obteve documentos, via Lei de Acesso à Informação.

Em contrapartida, nenhum parlamentar da bancada ambientalista usufruiu das aeronaves da FAB em viagens oficiais.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

O transporte de autoridades nessas condições é regulamentado. No entanto, prevê viagens “somente” do vice-presidente, ministros de Estado, chefes dos três Poderes e das Forças Armadas. O decreto não autoriza a viagem de pessoas sem cargo ou função pública e nem de congressistas.

Há uma brecha no decreto, ao solicitar às autoridades uma listagem sobre a quantidade dos passageiros que deverão viajar com elas.

Caronistas

Entre os caronistas estavam o presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, Alceu Moreira (MDB-RS), e o seu vice-presidente, o senador Luiz Carlos Heinze (PP-RS).

Além deles, também voaram pela FAB parlamentares ruralistas da bancada acreana: os senadores Márcio Bittar (MDB-AC), Sérgio Petecão (PSD-AC), Mailza Gomes (PP-AC) e o deputado Allan Rick (DEM-AC), entre outros.

Bittar é um dos autores do projeto de lei, que prevê o fim da obrigatoriedade de proprietários rurais manterem áreas de mata nativa em suas propriedades, a chamada reserva legal. O projeto de Bittar tem parceria com o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ).


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum