Fórum Educação
04 de agosto de 2019, 17h45

Ministro francês ironiza cancelamento de reunião com Bolsonaro: “emergência capilar”

Mesmo sem encontrar o presidente brasileiro, Le Drian classificou como positiva sua visita ao Brasil

Jean-Yves Le Drian, ministro francês - foto: Reprodução/ Twitter

Após ser criticado pelo presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, por se reunir com organizações não governamentais (ONGs), o ministro francês das Relações Exteriores, Jean-Yves Le Drian, afirmou que é do interesse da França “falar com o Brasil, com todos os brasileiros”. 

O francês também ironizou o que chamou de “emergência capilar” do presidente brasileiro. Na segunda-feira passada (29), Bolsonaro cancelou uma reunião com Le Drian e, na mesma tarde, apareceu em uma transmissão ao vivo nas redes sociais cortando o cabelo.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

Ao ser questionado pelo Journal du Dimanchese se o cancelamento da reunião não seria uma humilhação, Le Drian afirmou: “Todo mundo conhece as restrições próprias das agendas dos chefes de Estado. Ao que parece, houve uma emergência capilar. Essa é uma preocupação que é estranha para mim”.

Le Drian classificou como positiva sua visita ao Brasil. A presença do ministro no país tinha o objetivo fortalecer as relações bilaterais, a defesa dos interesses da França e a preparação das questões climáticas da COP25. 

“Eu tive conversas com minha contraparte, com a sociedade civil brasileira, particularmente com ONGs, mas também com a sociedade civil econômica. Eu também falei com os governadores de vários estados. É do interesse da França falar no Brasil, para todo o Brasil”, disse ao jornal.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum