Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
25 de fevereiro de 2020, 13h06

Na ONU, Damares diz que Bolsonaro vai combater “afronta à fé cristã” nas festas de Carnaval

Discurso na 43ª sessão do Conselho de Direitos Humanos, dois dias após o desfile da Mangueira que levou um "Jesus da gente" para a Sapucaí, deixou participantes surpresos

Damares Alves em discurso na reunião do Conselho de Direitos Humanos da ONU (Reprodução)

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, deixou participantes da 43ª sessão do Conselho de Direitos Humanos da ONU, em Genebra, surpresos ao anunciar que o governo Jair Bolsonaro pretende combater aquilo que ela considera como uma “afronta à fé cristã” nas festas de Carnaval.

“Infelizmente hoje, exatamente hoje, o Brasil está vendo seus dias de carnaval. E o que estamos vendo nas festas de carnaval, infelizmente, é uma afronta e um desrespeito à fé cristã”, disse, segundo jornalista Jamil Chade, no Portal Uol, dois dias após o desfile da Estação Primeira de Mangueira, que fez uma releitura de Jesus Cristo, que foi travestido de mulher, negro e marginalizado na Sapucaí.

Damares classificou sua fala como um “manifesto, quando, em nome da arte, em nome da liberdade de expressão, inclusive em nome da liberdade de imprensa, estamos vendo objetos de culto da fé cristã sendo de uma forma vil ridiculizardes no Brasil” e disse que o governo vai combater as manifestações durante a maior festa popular do mundo.

“Mas a ação governamental é de combate a todo tipo de violação ao objetos sagrados, da fé e da crença”, afirmou.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum