quarta-feira, 23 set 2020
Publicidade

Olavo de Carvalho conclama ditadura Bolsonaro e milicianos virtuais já pedem novo AI-5

O guru Olavo de Carvalho determinou uma nova frente de batalha nas redes sociais e pregou uma ditadura militar comandada por Jair Bolsonaro na madrugada desta quarta-feira (16) pela sua conta no Twitter.

“Só uma coisa pode salvar o Brasil: a união indissolúvel de povo, presidente e Forças Armadas”, escreveu em sua rede social.

A convocação, no entanto, parece ter chegado antes aos comandantes da milícia virtual. Nesta terça-feira (15), Allan dos Santos, principal líder dos doutrinados olavistas nas redes sociais, afirmou que “o povo” quer um novo AI-5, referindo-se ao Ato Institucional instituído em 13 de dezembro de 1968 pela ditadura, que resultou na perda de mandatos de parlamentares contrários aos militares, intervenções e a suspensão de garantias constitucionais que resultaram na institucionalização da tortura pelo Estado.

“O establishment quer ver Bolsonaro repetindo o AI-5, mas o que vejo é o povo querendo um novo AI-5 e ai de Bolsonaro caso tente parar o povo. Será varrido junto. Não há UM brasileiro que aceitará, caso a decisão do STF seja soltar os CRIMINOSOS EM MASSA. Lava Jato regnat”, escreveu Allan dos Santos, referindo-se ao julgamento pelo STF da constitucionalidade de prisão em segunda instância.

Assista ao vídeo de Renato Rovai, editor da Fórum, que explica: O que foi o AI-5 e o que significa esta ameaça nos dias atuais:

Plinio Teodoro
Plinio Teodoro
Plínio Teodoro Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.