No rastro do óleo do Nordeste
07 de novembro de 2019, 10h11

Olavo de Carvalho insinua que Brasil vive “tirania” e defende controle do legislativo e matança de “comunistas” pela ditadura

De seu bunker nos EUA, guru ideológico do bolsonarismo segue dando as diretrizes para o governo e a milícia virtual de Bolsonaro

Olavo de Carvalho com Bolsonaro e governistas (Reprodução)

O guru ideológico do governo Jair Bolsonaro segue dando diretrizes para a milícia virtual a partir de seu bunker na área rural do Condado de Dinwiddie, na Virgínia (EUA). Nesta quinta-feira (7), pelo Twitter, Olavo insinuou que o Brasil vive uma “tirania” e cobrou um maior controle do poder legislativo.

“O coração da democracia não é o Poder Legislativo, mas sim o controle que o povo exerce sobre ele. Se esse controle não existe, democracia é apenas o belo nome da tirania. No Brasil, o único meio de controle que o povo tem sobre os legisladores é xingá-los à distância”, tuitou.

Já no Facebook,o guru defendeu a matança de “comunistas” pela ditadura militar, afirmando que eles eram “membros da máquina de guerra cubana, a maior do continente”.

Corrigindo o senso das proporções. Os quinhentos comunistas armados que morreram na ditadura não eram heróis minoritários esmagados por uma possante máquina de guerra. Eram membros da máquina de guerra cubana, a maior do continente, que àquela altura já havia matado no mínimo cinquenta mil pessoas e mantinha na cadeia cem mil prisioneiros políticos. Nosso governo militar matou, prendeu, torturou e matou MUITO MENOS GENTE DO QUE ESSES CANALHAS.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum