sexta-feira, 25 set 2020
Publicidade

Para justificar sigilo nos gastos, Flavio Bolsonaro diz que jornalista tem “ejaculação precoce”

Dizendo ser vítima de “mais uma fake news”, o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) atacou o repórter do jornal O Estado de S.Paulo que produziu reportagem sobre a imposição pelo parlamentar do sigilo sobre seus gastos no congresso dizendo que o jornalista tem “ejaculação precoce”.

e você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

“Tá aqui o e-mail que eu recebi no dia 27 de agosto solicitando informações. Um e-mail sem resposta ainda porque eu tenho pelo menos 20 dias corridos de prazo para prestar as informações. Só que o pessoal tem ejaculação precoce. Já no dia 31 de agosto, 4 dias depois publicam como se eu tivesse me negado a fornecer informações”, diz Flávio em vídeo no Twitter, que mostra o documento, expondo o nome do repórter para a rede bolsonarista.

O senador ainda diz que foi uma coisa “combinada, casada” citando a repercussão da reportagem em outros veículos de comunicação, sem informar, no entanto, que o material produzido pela Agência Estado é distribuído e publicado por por outros meios.

Ao final, Flávio ressalta que vai abrir as informações, mesmo correndo riscos. “Se quiser fazer uma maldade comigo, me matar, por exemplo, vai saber qual a companhia aérea que eu costumo viajar, o dia que eu costumo ir para o Rio de Janeiro, o dia que eu costumo voltar. Qual é o assento que eu fico no avião. O restaurante que eu costumo frequentar aqui em Brasília. Vai saber se eu como 300 gramas, 450 gramas ou 500 gramas no bandeijão que eu frequento…”

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.