#Fórumcast, o podcast da Fórum
01 de outubro de 2019, 06h34

Por falta de recursos, Bolsa Família encolhe e volta a ter fila de espera

Até o final do ano, gestão Bolsonaro deve reduzir drasticamente a inclusão de novas famílias no programa

Osmar Terra e Bolsonaro (Arquivo)

Após quase dois anos, o Bolsa Família voltou a ter fila de espera para quem deseja entrar no programa que transfere renda para  pessoas em situação de pobreza e de extrema pobreza. Com parte do orçamento congelado, o ministro da Cidadania do governo Bolsonaro, Osmar Terra, declarou que o número de novas famílias incluídas no projeto tem diminuído nos últimos meses.

Além do ministro, a informação também foi dada por integrantes da CMO (Comissão Mista de Orçamento) do Congresso, em reunião ocorrida há alguns dias, segundo reportagem desta terça-feira (1) de Thiago Resende, na Folha de S.Paulo.

“Conseguimos terminar com a fila. Agora está voltando a fila de novo em função da nossa dificuldade orçamentária”, disse Osmar Terra. “Nos últimos meses, houve redução no número de inclusões de famílias”, reconheceu. A fila de espera se forma quando as respostas demoram mais de 45 dias.

Neste ano, a equipe econômica do governo de Jair Bolsonaro congelou cerca de R$ 1 bilhão, de um total de quase R$ 5 bilhões, para as atividades da pasta responsável pelo programa. Portanto, o Bolsa Família está funcionando no limite de seu orçamento.

Até agosto foram gastos R$ 20,9 bilhões, uma média de R$ 2,6 bilhões por mês. Com esse ritmo, o dinheiro reservado —R$ 29,5 bilhões— pode não ser suficiente até o fim do ano. A cobertura chegou a 14,3 milhões de famílias em maio e, desde então, registra seguidas quedas, atendendo 13,5 milhões em setembro.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum