Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
30 de agosto de 2019, 22h19

Presidente da OAB denuncia motivação de indulto de Bolsonaro: “Reforçar as milícias”

"Isso sim é uma alento à impunidade. A medida vai reforçar as milícias urbanas no país", declarou Felipe Santa Cruz

Flávio Bolsonaro com o ex-assessor Fabrício Queiroz (Foto: Reprodução)

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, condenou nesta sexta-feira (30) o anúncio feito pelo presidente Jair Bolsonaro de que iria ampliar o indulto natalino para policiais militares presos “por pressão da mídia”. Segundo o advogado, a decisão de Bolsonaro busca fortalecer as milícias, facções criminosas formadas por policiais e ex-policiais.

“Isso sim é uma alento à impunidade. A medida vai reforçar as milícias urbanas no país. É um risco claro ao Estado Democrático de Direito. O silêncio da sociedade causará grandes danos no futuro”, declarou Santa Cruz ao colunista Lauro Jardim, do O Globo.

A família Bolsonaro, em especial seu filho Flávio Bolsonaro (senador, PSL-RJ), é acusada de ter envolvimento com as milícias no Rio de Janeiro. O Ministério Público apontou que há forte indício de atuação de milicianos no gabinete de Flávio Bolsonaro desde 2007, quando ele era deputado estadual no Rio de Janeiro, em uma trama que envolve seu ex-assessor Fabrício Queiroz.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum