Fórum Educação
16 de agosto de 2019, 16h18

“PT botou 10 mil fantasiados de médicos para fazer célula de guerrilha e doutrinação”, diz Bolsonaro

Em novo delírio, o presidente voltou a atacar os médicos cubanos e questionou a qualidade do trabalho dos profissionais, que são reconhecidos no mundo todo

Jair Bolsonaro - Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Em mais um delírio, Jair Bolsonaro declarou, novamente, que a contratação de médicos cubanos para o Programa Mais Médicos foi, na verdade, uma maneira de criar grupos de guerrilha e doutrinação no país.

“O PT botou no Brasil cerca de 10 mil fantasiados de médicos aqui dentro, em locais pobres, para fazer células de guerrilhas e doutrinação. Tanto é que, quando eu cheguei, eles foram embora porque eu ia pegá-los”, afirmou.

O Facebook silenciou a Fórum. Censura? Clique aqui e nos ajude a lutar contra isso

O presidente continuou com seu ataque e disse que os profissionais de Cuba, reconhecidos no mundo todo, não se submeteram a um processo seletivo rigoroso. “Faz uma provinha lá… benzetacil, aplica onde? Os cubanos não sabem responder”, afirmou.

Provas?

Indagado em relação às provas de que os médicos cubanos eram guerrilheiros, simplesmente respondeu: “Precisa ter prova disso daí? Você acha que está escrito isso aí em algum lugar?”.

Bolsonaro também não soube responder quais seriam as ações dos supostos guerrilheiros no país. “É preparação, é preparação. Você não faz as coisas de uma hora para outra”, declarou.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum