Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
28 de outubro de 2019, 19h50

Queiroz diz, em áudio vazado, que demoraram para pegá-lo

Em novo vazamento, Queiroz aparece xingando promotores do Ministério Público responsáveis pela investigação da COAF

Foto: Reprodução

Em novo áudio vazado, divulgado com exclusividade pelo UOL nesta segunda-feira (28), o ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), Fabrício Queiroz, ataca o Ministério Público e diz que as investigações contra ele demoraram muito. No domingo, uma série de gravações foi revelada, demonstrando que Queiroz coordenava junto de Jair Bolsonaro todas as demissões e contratações dos gabinetes do clã.

“Esses depoimentos, cara, eles vão lá e pegam mesmo, esses filhos da puta, rapaz. Até demorou a pegar. O Agostinho foi depor no dia 11 de fevereiro, de janeiro, parece que ele foi depor”, disse Queiroz no dia 21 de fevereiro.

Segundo Constança Rezende, colunista do UOL que obteve o material com exclusividade, “Agostinho” se refere a Agostinho Moraes da Silva, ex-funcionário do gabinete de Flávio na ALERJ. Até o momento ele é a única testemunha que aceitou depor sobre o inquérito aberto no caso do COAF.

Áudios revelados pela Folha mostram ainda que Queiroz orquestrava as demissões e contratações nos gabinetes da família Bolsonaro junto do atual presidente, Jair Bolsonaro. Um dos casos é a exoneração de Cileide Barbosa Mendes, doméstica da família Bolsonaro e “laranja” na empresa do ex-marido de Ana Cristina Valle (que foi casada com o presidente), do gabinete de Carlos Bolsonaro na Câmara Municipal do Rio de Janeiro.

“Na época, o Jair falou para mim que ele ia exonerar a Cileide porque a reportagem estava indo direto lá na rua e para não vincular ela ao gabinete. Aí ele falou: ‘Vou ter que exonerar ela assim mesmo’. Ele exonerou e depois não arrumou nada para ela não? Ela continua na casa em Bento Ribeiro?”, diz o ex-assessor no áudio, gravado em março deste ano (ouça aqui).


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum