Fórumcast #19
14 de agosto de 2019, 12h02

Redução do combate ao desmatamento na Amazônia é alvo de inquérito do MP

Investigações devem ser estendidas sobre a contratação de uma empresa privada para realizar o monitoramento do desmatamento na Amazônia, uma vez que o Inpe já faz este trabalho

Foto: Instituto Socioambiental - ISA

O Ministério Público Federal (MPF), no Amazonas, decidiu abrir inquérito civil público para investigar a suspeita de redução nas ações de combate ao desmatamento promovidas pelo governo de Jair Bolsonaro. Além disso, a contratação de uma nova empresa para monitorar o desmatamento na Amazônia também será alvo de apuração.

O MPF investiga, também, por meio de outras duas ações, o Fundo Amazônia e o desmatamento na região do município de Apuí.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

O inquérito teve início em 31 de julho, por determinação do procurador Filipe Pessoa de Lucena. O objetivo é “apurar notícia de política de tolerância adotada pelo Ministério do Meio Ambiente com a redução das atividades fiscalizatórias, o aumento do desmatamento e o enriquecimento ilícito de desmatadores e grileiros”.

De acordo com a portaria, as investigações também devem ser estendidas sobre a contratação de uma empresa privada para realizar o monitoramento do desmatamento na Amazônia. Isto porque o Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (Inpe) já realiza este trabalho.

Veja também:  Eduardo Bolsonaro tuita nota do Antagonista que diz que prefeito de Miami ficou "impressionado" com ele

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum