Fórumcast, o podcast da Fórum
13 de setembro de 2019, 08h49

Repórter faz coaching com esposa de Eduardo Bolsonaro, que diz que marido é “case de sucesso” e indica blogueiros de direita

"Ele é super meu case de sucesso. Faço várias coisas: ‘Ó, agora tu vai fazer isso, depois vai fazer aquilo’", disse Heloísa Bolsonaro ao repórter João Paulo Saconi, da revista Época, que fez curso de autoconhecimento com a coach

Eduardo e Heloísa Bolsonaro (Reprodução)

Em relato na revista Época desta sexta-feira (13), o repórter João Paulo Saconi conta como foi participar por um mês de sessões de coaching online com Heloísa Bolsonaro, esposa de Eduardo Bolsonaro. Ao custo de R$ 1.350, em seu curso de autoconhecimento (o mais barato), a coach cita o marido como um “case de sucesso” e indica leituras de canais de influenciadores digitais da extrema-direira para “acompanhar menos notícias tristes”.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

“Ele é super meu case de sucesso. Faço várias coisas: ‘Ó, agora tu vai fazer isso, depois vai fazer aquilo’. Mas não para a embaixada em si — não é? —, porque isso depende dos senadores. Claro, depende de ele fazer a parte dele, e ele está fazendo, mas também depende de outras pessoas aprovarem. Mas, enfim, para fazer um bom trabalho para o país, o que ele tem de fazer, ele tem de cuidar de si”, diz a coach sobre o marido em uma das aulas.

Entre as dicas para se tornar “mais inteligente e culto” e se sentir menos triste com as notícias que assolam o país, Heloísa indica o site Brasil Paralelo, usado pelo marido para estudar História do Brasil na preparação para a sabatina que fará no Senado ante de assumir a embaixada em Washingtont.

“Depois de assistir, a pessoa se torna muito mais inteligente e culta, eu amo!”, recomendou ao jornalista junto com uma lista que inclui os mesmos nomes citados pelo marido nas redes sociais: Terça Livre, Senso Incomum, Renova Mídia, Allan Santos, Filipe G. Martins, Tradutores de Direita, Ideias do Caio Copolla, além de, claro, Olavo de Carvalho, “frequente nas referências afetivas do casal”, diz o repórter.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum