Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
13 de dezembro de 2019, 07h45

Salles é investigado por pressionar delegados e direcionar inquéritos quando foi secretário de Alckmin

Ministro do Meio Ambiente de Bolsonaro, Ricardo Salles é investigado por pressionar policiais, delegados, juízes e usar relações pessoais e cargo político para tentar direcionar inquéritos e processos em pelo menos 14 situações

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, do partido Novo (Reprodução)

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, é investigado pela 6ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social da Capital do MP-SP (Ministério Público de São Paulo) por promover achaques, pressões e direcionar inquéritos em pelo menos 14 situações quando ocupou a Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, entre 2013 e 2017, no governo Geraldo Alckmin (PSDB).

Segundo reportagem de Aiuri Rebello, no portal Uol nesta sexta-feira (13), Salles é investigado por pressionar policiais, delegados, juízes e usar relações pessoais e cargo político para tentar direcionar inquéritos e processos.

As investigações podem resultar em um novo processo por tráfico de influência, advocacia administrativa (quando um funcionário público defende interesses privados junto à máquina pública valendo-se do cargo) ou exploração de prestígio.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum