Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
25 de outubro de 2019, 17h06

Salles volta a atacar Greenpeace: “Não fez nada pra ajudar, só soube criticar, fazer demonstração, ‘showzinho’”

“Fizeram aquele teatro na porta do Palácio do Planalto com destruição do patrimônio público, deixaram uma série de entulhos lá, restos de óleo, galhos de árvore, sujaram tudo, mas ajudar que é bom, nada”, disse o ministro do Meio Ambiente

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Para tentar esconder a inoperância e a negligência do governo de Jair Bolsonaro, em relação à tragédia ambiental que atinge as praias do Nordeste, com o vazamento de óleo, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, voltou a atacar o Greenpeace.

“O Greenpeace não fez nada pra ajudar, só soube criticar, fazer demonstração, ‘showzinho’. Depois fizeram aquele teatro na porta do Palácio do Planalto com destruição do patrimônio público, deixaram uma série de entulhos lá, restos de óleo, galhos de árvore, sujaram tudo, mas ajudar que é bom, nada”, disparou Salles, em entrevista ao programa Morning Show, da rádio Jovem Pan.

No rastro do crime ambiental nas praias do Nordeste: Ajude a Revista Fórum a mergulhar na realidade dessa grande tragédia

O ministro voltou a acusar um navio do Greenpeace. Ele disse que a embarcação passou pelo litoral nordestino assim que o vazamento teve início, insinuando que a ONG teria relação com a tragédia nas praias do Nordeste.

Ajuda

No entanto, dessa vez afirmou que os integrantes da ONG não ofereceram ajuda para limpeza e monitoramento da origem do óleo.

“Ninguém disse que foi o navio que jogou o óleo, estou dizendo que eles passaram na frente do local do acidente, podiam ter parado para ajudar e não fizeram nada”, declarou.

Salles usou uma foto antiga de um navio do Greenpeace para fazer a acusação contra a ONG, que promete ir à Justiça contra ele.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum