Teich pede desculpas a conselho de secretários da saúde por Bolsonaro ter barrado representante na posse

Um dia após assumir ministério da Saúde, Nelson Teich teve de ir a campo para contornar mal-estar causado por Bolsonaro, que barrou entrada de representante do Conselho Nacional de Secretários de Saúde na cerimônia de posse

Um dia após tomar posse como ministro da Saúde, Nelson Teich teve que sair a campo para apagar mais um incêndio causado por Jair Bolsonaro, que barrou a entrada de representante do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) na cerimônia de transição do cargo, ocorrida na sexta-feira (17).

“O Ministro Teich apresentou formalmente pedido de desculpas ao Conass pelo ocorrido. Desculpas aceitas, renovamos nossa confiança no trabalho conjunto e na expectativa de dias melhores para a saúde e para a vida de todos os brasileiros”, anunciou, em nota, Alberto Beltrame, presidente do Conass.

Beltrame diz que recebeu um tefonema do ministro na tarde deste sábado (18), após manifestar contrariedade “com o impedimento de participarmos de sua posse bem como com as razões apresentadas pelo Ministério para que isso tenha ocorrido”, sem detalhar quais motivos.

Ele, que está com Covid-19, indicou Leonardo Villela, ex-presidente do Conass e atualmente integrante do conselho, para representá-lo. Mas Vilella foi impedido de participar do evento.

Segundo o presidente do Conass, Teich manifestou compromisso com o SUS, com a colegialidade de sua gestão e a disposição para o diálogo permanente com o Conass e Conasems – os conselhos municipais, que também não particiaram da posse – na condução da emergência em saúde pública.

“Apresentei a ele votos de sucesso na missão recebida e reafirmei o espírito de cooperação, ajuda mútua e plena disposição dos secretários estaduais de saúde em participar do grande esforço que precisaremos empreender, junto com toda a sociedade brasileira, para vencermos um inimigo comum: o coronavírus”, diz Beltrame.

Segundo ele, é a “primeira vez na história” que as entidades representativas dos secretários estaduais e municipais de Saúde são “barrados no Palácio do Planalto para a cerimônia de posse de um novo ministro de Estado da Saúde”.

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR