Temer fecha contrato com a Huwaei e atua para aproximar Bolsonaro do presidente da China, diz revista

Michel Temer estaria sendo sondado para assumir o lugar de Ernesto Araújo no Itamaraty, mas deu sinais que prefere atuar nos bastidores ao ser contratado para emitir "parecer jurídico" para a Huwaei, que busca lobby para vencer resistências para implantação da rede 5G no Brasil

Cotado nos bastidores para assumir o Ministério de Relações Exteriores no lugar de Ernesto Araújo, Michel Temer (MDB) fechou recentemente um contrato de trabalho com a empresa de tecnologia Huwaei, que enfrenta resistências no Brasil para vender seu projeto 5G, e estaria fazendo a ponte entre Jair Bolsonaro (Sem Partido) e o presidente chinês, Xi Jinping, para colocar panos quentes no relacionamento entre os dois países.

Segundo informações da revista Crusoé, divulgadas na edição desta sexta-feira (22), Temer foi contratado para emitir um “parecer jurídico” para a empresa chinesa, que busca fazer lobby para enfrentar as resistências em meio a teorias da conspiração divulgadas por Donald Trump e replicadas pelos filhos e apoiadores de Bolsonaro.

Temer também já teria sinalizado que prefere atuar nos bastidores em vez de assumir o lugar de Araújo, que pode deixar o comando do Itamaraty após a transição de governo nos EUA, com o democrata Joe Biden na presidência.

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR