Moraes manda PF ouvir ex-estagiária de Lewandowski, informante de Allan dos Santos

Bolsonarista, Tatiana Garcia Bressan teria vazado informações de dentro do Supremo Tribunal Federal para o blogueiro Allan dos Santos, acusado de ser um dos comandantes da milícia virtual que propaga fake news e discurso de ódio

Relator do inquérito do financiamento e propagação de atos golpistas, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou à Polícia Federal que colha o depoimento de Tatiana Garcia Bressan, ex-estagiária de Ricardo Lewandowski que seria informante de Allan dos Santos.

Notícias relacionadas

A ordem de Moraes acontece na manhã desta quarta-feira (6) após divulgação de conversas entre Tatiana e o blogueiro bolsonarista, acusado de ser um dos comandantes da milícia virtual que propaga fake news nas redes sociais.

As conversas começaram em 23 de outubro de 2018 e vão até 31 de março de 2020.

A estagiária relata ter dificuldade em trabalhar com o ministro, mas diz que está “lá para aprender”. De acordo com o relatório da PF, a informação “naturalmente desperta o interesse de Allan”, que pede a colaboração de Tatiana.

“Fique como nossa informante lá”, diz o blogueiro, cerca de duas horas depois do início da conversa. A estagiária responde prontamente: “Será uma honra. Estou lá kkk”.

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR