Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
31 de outubro de 2019, 13h45

“Ventos estão levando os ares democráticos”, diz ministro do STF sobre declaração de Eduardo Bolsonaro

O filho de Jair Bolsonaro defendeu em entrevista à jornalista Leda Nagle um "novo AI-5" como resposta ao que ele classifica "radicalização da esquerda". Para Marco Aurélio Mello, o tom pode levar o Brasil a uma nova ditadura

Marco Aurélio Mello (Foto: Wilson Dias / Agência Brasil)

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF) lamentou nesta quinta-feira (31) as declarações do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), que defendeu em entrevista à jornalista Leda Nagle um “novo AI-5” como resposta ao que ele classifica “radicalização da esquerda”. Para Marco Aurélio, o tom pode levar o Brasil a uma nova ditadura.

Saiba o que foi o AI-5

“A toada não é democrática-republicana. Os ventos, pouco a pouco, estão levando embora os ares democráticos”, afirmou, em mensagem enviada à Folha de S.Paulo.

Na entrevista, Eduardo fala na instituição de “um novo AI-5” como resposta ao que ele classifica como “radicalização da esquerda”.

“Tudo é culpa do Bolsonaro. Se a esquerda radicalizar a esse ponto, a gente vai precisar ter uma resposta e uma resposta ela pode ser via um novo AI-5”, afirmou ele, referindo-se ao Ato Institucional de número 5.

Instaurado em dezembro de 1968 pela ditadura, o AI-5 resultou na perda de mandatos de parlamentares e ministros do STF, intervenções em estado, municípios e organizações civis, além da suspensão de garantias constitucionais que resultaram na institucionalização da tortura pelo Estado.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum