Vídeo: Bolsonaro aconselha jornalista a fazer cocô “dia sim, dia não” para combater a poluição ambiental

Bolsonaro ainda citou o controle populacional, dizendo que pessoas que têm "mais cultura" têm menos filhos. "Eu sou uma exceção da regra, pois tenho cinco"

O repórter Fabio Murakawa, do Valor Econômico, perguntou ao presidente Jair Bolsonaro se é possível “crescer com preservação” durante conversa com jornalistas nesta sexta-feira (9), em Brasília. Como resposta, Bolsonaro aconselhou ao repórter “comer menos e fazer cocô dia sim, dia não” para combater a poluição ambiental.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Em seguida, Bolsonaro retoma a sua fala sobre crescimento populacional, dizendo que o mundo cresce “70 milhões por ano” e que precisa de planejamento familiar. “Não é controle não, depois vai ter lá uma capa na Folha amanhã falando em controle de natalidade”, ironiza, sugerindo que a imprensa iria distorcer sua fala.

O presidente depois diz que as pessoas que têm “mais cultura” têm menos filhos. “Eu sou uma exceção da regra, pois tenho cinco”, comenta.

Em toda a sua carreira política, Bolsonaro defendeu políticas de controle de natalidade com foco nas pessoas pobres. No ano passado, por exemplo, quando ainda era candidato à presidência, Bolsonaro chegou a defender esterilização dos pobres como meio de combater a criminalidade e a miséria. “Um homem e uma mulher com educação dificilmente vão querer ter um filho a mais para engordar um programa social”, disse na época.

Avatar de Luisa Fragão

Luisa Fragão

Jornalista.