Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
26 de outubro de 2019, 18h09

Weintraub manda cancelar atos de 3 de novembro contra STF e mostra conluio de movimentos com bolsonarismo

Os movimentos bolsonaristas ainda impulsionaram a tag #Dia3EuNaoVou, que entrou entre os assuntos mais comentados do Twitter neste sábado (26). O cancelamento causou confusão em muitos internautas

Abraham Weintraub (Foto: Reprodução/Twitter)

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, escancarou a relação espúria que o governo Jair Bolsonro mantém com grupos de direita que convocam manifestações nas ruas.

Weintraub foi atendido ao mandar os movimentos a cancelarem atos previstos para o dia 3 de Novembro contra provável decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de cumprir a constituição e não permitir a prisão após decisão de segunda instância, que pode abrir precedente para libertação do ex-presidente Lula.

“Obrigado ao movimento Nas Ruas! Dia 3 de Novembro há ENEM! As manifestações, por mais democráticas que sejam, poderiam prejudicar quem está na disputa. Agradeço pela sensibilidade dos organizadores em mudarem a data!”, tuitou Weintraub, compartilhando vídeo que está sendo distribuído aos líderes do movimento.

O ministro também agradeceu ao “Movimento Avança Brasil”, que também cancelou o ato após receber a ordem.

Os movimentos bolsonaristas ainda impulsionaram a tag #Dia3EuNaoVou, que entrou entre os assuntos mais comentados do Twitter neste sábado (26). O cancelamento causou confusão em muitos internautas.

“Entro de manhã e #Dia3EuVou, depois dizem q é coisa de Lula Livre e então #Dia03EuNaoVou, más daí disseram q era mentira p/ esvaziar a manifestação e então #Dia3EuVou, más descubro q vão gritar mito e intervenção militar e decido q #Dia3EuNaoVou, Pqp, está difícil ser brasileiro”, tuitou Renato Marques Gomes.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum