Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
04 de março de 2019, 16h46

Boneco de Bolsonaro é recebido em Olinda com vaias, latas de cerveja e pedras de gelo

O bonequeiro disse que pela primeira vez em 11 anos estava com medo de desfilar

Foto: Instagram

Os foliões de Olinda (PE) receberam, nesta segunda-feira (4), o boneco gigante do presidente Jair Bolsonaro com vaias, latas de cerveja e pedras de gelo.

Ao lado da escultura que representa a primeira-dama,  Michelle Bolsonaro, o “Jairzão” puxou o cortejo de cem gigantes nesta segunda-feira (04).

Ao longo do desfile os foliões vaiavam e entoavam o verso mais repetido neste Carnaval na cidade: “ai, ai, ai, Bolsonaro é o carai”.

Uma mulher que supostamente teria tentado derrubar a alegoria foi agredida por um policial militar e houve princípio de correria, mas logo a situação foi normalizada.

Os seguranças contratados pela Embaixada dos Bonecos Gigantes chegaram a ameaçar diversas vezes alguns foliões com spray de pimenta. Pelo menos duas vezes foi preciso parar para limpar a escultura.

O auxiliar de serviços gerais Natan José de Oliveira, 23, disse à reportagem ainda na concentração do bloco que pela primeira vez em 11 anos estava com medo de desfilar como bonequeiro.

Eleitor declarado de Bolsonaro, durante o cortejo ele respondia às críticas dançando e rodando o boneco de 20 quilos.

A expectativa é de que o boneco de Bolsonaro volte à folia pernambucana nesta terça-feira (5), no Recife Antigo, onde nesta segunda, a partir das 16h, pelo menos 15 blocos líricos se apresentarão no polo do Marco Zero.

Com informações da Gazeta On Line


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum