Fórumcast, o podcast da Fórum
16 de agosto de 2019, 11h50

Boulos reclama de perseguição de Augusto Nunes: “por que não tira 1 horinha de psicanálise?”

Ex-candidato a presidente pelo PSOL já afirmou outras vezes que pretende processar o jornalista por inverdades

O ex-candidato a presidente pelo PSOL, Guilherme Boulos, reclamou nesta sexta-feira (16) em seu Twitter de perseguição por parte do jornalista e ex-apresentador do programa “Roda Viva”, Augusto Nunes, e que hoje possui um blog na Revista Veja.

“Augusto Nunes tem uma verdadeira fixação por mim. Só em 2019 são pelo menos 12 postagens em seu blog na Veja”, disse em seu Twitter.

Na post Boulos recomendou ainnda que o jornalista faça uma terapia. “Freud dizia que toda fixação era um tipo de regressão. Em vez de passar mais uma hora na rádio, por que não tira 1 horinha de psicanálise, Augusto?”, disse.

Não é de hoje que os dois discutem. No início de maio Boulos deu uma invertida no jornalista pelo Twitter.

“Se fosse de fato jornalista, buscaria se informar e saberia que dou aula desde os 23 anos de idade. Atualmente na ESP. Mas te entendo, Augusto. Pra quem faz jornalismo rola-bosta e vive, desde Figueiredo, lambendo bota de militar no poder, ser professor deve ser ‘vadiagem’”, tuitou Boulos.

Em meio ao acirramento de ânimos entre os dois, Boulos disse que vai processar Augusto Nunes. “Dizem que, num passado remoto, Augusto Nunes já foi jornalista. Agora é difusor de fake news. Vai receber o oficial de justiça em casa esses dias para responder pelas mentiras levianas que propaga”.

Nesta quinta-feira Boulos foi entrevistado pelo programa Fórum 21 e comentou, entre outras coisas, que em um país sério Sérgio Moro e Deltan Dallagnol já deveria ter deixado seus cargos em virtude das informações fruto da Vaza Jato.
Veja abaixo a entrevista do Boulos à Fórum:


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum